5 motivos para mudar para a cosmética natural

Publicado a 19 June 2017

5 motivos para mudar para a cosmética natural
Hoje em dia, a grande maioria dos produtos de cuidados da pele no mercado são produzidos com químicos sintéticos, muitos deles já identificados como toxinas nocivas. O motivo pelo qual as grandes marcas utilizam estes produtos é por serem mais baratos e fáceis de produzir em larga escala, e não por serem necessariamente melhores para nós.

É importante saber que, mesmo os produtos que afirmam ser "naturais" ou "orgânicos", muitas vezes contêm apenas quantidades simbólicas de componentes naturais ou orgânicos.

Estudos recentes mostram que muitos destes ingredientes usados na cosmética convencional (como os parabenos, ftalatos, sulfatos, etc.) podem penetrar na pele ou ser ingeridas inconscientemente, acumulando-se nos órgãos do corpo e causando sérios problemas de saúde ao longo do tempo (como cancro, complicações neurológicas, infertilidade, etc.).

Com os avanços no mundo da cosmética natural, orgânica e não testada em animais, está sem dúvida ao nosso alcance introduzir produtos naturais na nossa rotina de beleza, sem sacrificar os resultados pretendidos. Na verdade, é hoje possível formular potentes produtos naturais que superam os sintéticos convencionais, oferecendo uma experiência mais subtil e refinada.
Então, porquê optar por utilizar produtos sintetizados, se podemos usar o melhor que a natureza tem para nos dar sem abdicar da eficácia?

1 - Poder de escolha

Cada vez mais damos importância a hábitos de vida saudáveis, escolhendo comer menos alimentos processados, com químicos e conservantes, optando por alternativas mais orgânicas e naturais. Esta escolha pode também estender-se aos produtos de cuidados de pele, corpo, cabelo e maquilhagem, selecionando opções fornecidas pela natureza, ao invés das (convencionais) produzidas em massa com ingredientes sintéticos e mais baratos.

2 - Melhores Ingredientes

Os ingredientes utilizados na cosmética orgânica provêm da natureza. Muitos deles são utilizados há muitas centenas de anos, tendo provado, não só a sua eficácia, como a ausência de efeitos nocivos a longo prazo (como o óleo de côco, óleo de argão, manteiga de karité, etc.). Estes ingredientes já passaram o teste do tempo, enquanto que as novas substâncias sintetizadas em laboratório têm o intuito de imitar os ingredientes naturais, produzindo-os de forma artificial, mais barata e volumosa, desconhecendo-se os seus efeitos a longo prazo.

3 - Motivos Ecológicos

Não é apenas a pele que beneficia da utilização de produtos de beleza orgânicos. Os produtos químicos têm um efeito nocivo para o meio ambiente, não só através de métodos de cultivo prejudiciais para a natureza, mas também porque a sua utilização pelos consumidores vai acabar por poluir os sistemas de abastecimento de água e do solo.
As marcas que produzem produtos cosméticos orgânicos estão, por norma, muito mais preocupadas com a utilização de ingredientes que não causem danos ao meio ambiente.

4 - Fragrância

Se na lista de ingredientes de um determinado artigo estiver listado "fragrância", "perfume" ou algo similar, não sabemos na verdade do que se trata. Os produtos de beleza orgânicos colocam os ingredientes individuais no rótulo, listando todos os óleos essenciais e extratos que o aromatizam, de forma a que saibamos exatamente o que estamos a colocar na pele.

5 - Pele sensível

Os ingredientes naturais são muito mais suaves do que os ingredientes sintetizados em laboratório. A indústria cosmética convencional aposta em grandes campanhas de marketing para levar os consumidores com pele sensível a gastar muito dinheiro em produtos específicos para esse tipo de pele. Na verdade, aliada a um estilo de vida saudável e boa alimentação, a escolha de uma rotina de cuidados de pele orgânica e natural tem ajudado muitas pessoas a resolver os seus problemas de pele sensível.

Mais publicações

Subscreva a nossa newsletter!

Fique a par das nossas novidades e ofertas. Ganhe ainda 10% de desconto na sua primeira compra!