Diferenças entre Protetores Solares Minerais e Sintéticos

Publicado a 21 julho 2018



Os estudos são claros: usar protetor solar todos os dias é essencial, independentemente da altura do ano. O protetor solar não só ajuda a proteger a pele de lesões e cancro da pele, mas também protege-a de envelhecimento prematuro.
Se não tem o hábito de usar protetor solar todos os dias, ou se já tentou, mas não se deu bem, a solução não é desistir. Em vez disso, o ideal é encontrar uma fórmula que funcione para o seu tipo de pele, pois protege contra os danos causados pela exposição solar desprotegida.Pode ser útil entender as diferenças entre os ingredientes do protetor solar - o que são, como funcionam e qual a sensação quando aplicados à pele.
 
Os dois tipos de ingredientes dos filtros solares são minerais e sintéticos, e ambos são igualmente protetores. 

 

Qual é a diferença entre os ingredientes de protetor solar mineral e sintético?

Ingredientes protetores solares minerais: Existem apenas dois ingredientes protectores solares minerais: dióxido de titânio e óxido de zinco. Ambos trabalham nas camadas superficiais da pele e desviando ou dispersando os raios nocivos do sol. Estes ingredientes minerais são por vezes referidos como protetores solares físicos ou bloqueadores físicos, embora isso não seja uma representação factual de como eles funcionam. No mundo dos cuidados com a pele, os ingredientes dos filtros solares minerais são chamados de orgânicos, mas não são.
 
Exemplos de protetores solares com ingredientes minerais:
Ingredientes protetores solares sintéticos: Existem mais de 30 ingredientes sintéticos de proteção solar. Todos são absorvidos nas camadas superiores da pele, onde funcionam de duas maneiras: desviando os raios nocivos do sol e convertendo os raios UV em calor e “desativando-os”. Os ingredientes mais comuns de filtros solares sintéticos incluem oxibenzona, octinoxato, octilsalato e avobenzona. Às vezes são rotulados como “protetores solares químicos”, mas na verdade todas os ingredientes utilizados nos cuidados da pele são "químicos", até mesmo a água.

Exemplos de protetores solares com ingredientes sintéticos:

É importante saber que não há nada inerentemente melhor ou pior em fórmulas que contenham ingredientes de filtros solares minerais ou sintéticos. O que importa é que eles protegem a pele dos danos causados ​​pelo sol.
 

Se os ingredientes de protetores solares mineral e sintético não são orgânicos, porque é que estão em lojas de produtos naturais?

Todos os produtos de pele têm de passar por determinados testes em laboratório, para provar que são seguros para a pele (e que estes não têm - e na nossa opinião, nem devem - de ser testes em animais). No caso dos protetores solares, o grau de proteção (SPF) tem que ser testado e provado. Não existem ingredientes 100% naturais/orgâncos que ofereção um grau de proteção razoável para poderem ser usados exclusivamente num produto que seja depois vendido como protetor solar. Assim, todos os protetores solares têm que incluir estes ingredientes de proteção solar, sejam eles minerais ou sintéticos.
 
No entanto, um protetor solar não é composto esclusivamente de ingredientes de proteção solar. Tem também outros ingredientes cuja função é hidratar, tem uma ação emoliente, etc. Estes outros ingredientes não necessitam de ser sintéticos, nem derivados de substâncias como o petróleo, nem incluir parabenos. Podem ser naturais, orgânicos e bons para a nossa pele. Daí a oferta de protetores solares com ingredinets minerais ou sintéticos em lojas de produtos naturais!

Explore toda a nossa seleção de Protetores Solares de Corpo e de Rosto para toda a Familia!

Mais publicações

Procure na nossa loja